02/08/07

Ciência

Ciência
Pensando em Corção e O.Carvalho

O estudo genético é sem duvida um avanço no campo da saúde. O celular é um passo gigantesco nas comunicações. O computador é instrumento indispensável em qualquer campo de trabalho ou pesquisa. E por ai vai . Confesso que tenho fetiche com tecnologia . Sou um daqueles que acompanham pesquisas e estudos sobre sistemas para computadores, um assunto chato para quem não gosta de números .
Mas vejam que encrenca me passa pelo intimo:
O entusiasmo eufórico despertado pelo progresso científico e técnico se abala e até desaparece quando considero o outro lado das maravilhosas conquistas do homem. Há efetivamente o lado do inventar e do fazer, e o outro lado, aparentemente mais fácil mas realmente mais difícil, o lado do usar, quando abordamos o problema do ponto de vista político ou civilizacional. É no lado do uso dessas maravilhas que surge o problema moral, às vezes tragicamente difícil.
Me surpreendo pensando que uma das ironias da História é que o prestígio social da ciência tenha contribuído para reduzir multidões inteiras de intelectuais a um estado de idiotice mal disfarçado pela linguagem pedante em que se expressa. Pois a ciência é apenas uma das formas derivadas da razão, e cultuada fora de um senso global da racionalidade se torna um fetiche hipnótico.
Muito a ser pensado ainda ....

Silvio D'Amico